Artrodese – Pós Operatório

47 dias – Foi o tempo que fiquei de gesso, na primeira etapa do pós operatório.

Para que tudo corresse bem, meu ortopedista optou pelo gesso até quase a altura do joelho, ao perceber o meu perfil hiperativo. Nesse período, tive dois retornos: o primeiro, para retirada dos pontos, com 17 dias de cirurgia e, o segundo, para radiografia.

A minha recuperação, durante essa fase, evoluiu satisfatoriamente bem e, com apenas 4 dias de cirurgia, eu já me via sem nenhuma medicação para dor. Em caráter de curiosidade, durante os 20 dias seguintes da cirurgia, fiz o uso de anticoagulante injetável, que eu mesma aplicava na barriga.

 

IMG_8738
Aplicação do anticoagulante, que eu mesma fiz, durante 20 dias.

 

Nesse período, para não ficar totalmente sem nada para fazer e controlar o tédio, tive que usar muita criatividade. Nas duas primeiras semanas, por não poder realizar nenhuma atividade física, o sofá da sala de TV e as minhas cachorras foram minhas melhores companhias, seguidos de filmes e séries do Netflix. Também comecei a fazer aula particular de espanhol; Foi uma excelente fase para, digamos, desenvolver a minha parte intelectual. 🙂

 

IMG_4371

 

Aproveitei também para aprender algumas receitinhas “fit” e finalizar a confecção de tsurus (origami) que eu havia começado, em agosto de 2016, dias depois do meu acidente (veja em https://comerdormirescalar.wordpress.com/2016/08/23/prognostico-sombrio/). Na época, ficaram faltando cerca de 200 origamis para chegar ao tão esperado “1000 tsurus por 1 desejo“.

Apesar de ter total sensação de cura após a artrodese, senti que era questão de honra finalizar aquela proposição que eu tinha me feito, dois anos atrás.

Foram durante esses dias que tornei os alongamentos, yoga e meditação, rotinas diárias em minha vida. Também fiz bastante exercício de membro superior e abdômen, não podendo esquecer das invertidas, que consegui fazer sem nenhuma dificuldade, mesmo usando gesso.

 

 

Já que antes de operar tive pouco material de apoio, paralelamente ao blog, aproveitei para criar um canal no Youtube e dediquei dois dias da semana para gravar e editar os vídeos, a fim de tornar a minha recuperação da artrodese um material público e de apoio à pessoas com problema semelhante.

(Para ver o vídeo piloto do Canal no YouTube, clique ao lado) Vídeo Piloto do Canal

Posso adiantar que já tenho um retorno incrível do canal e percebi um grande encorajamento das pessoas em realizar o procedimento, depois de verem meus vídeos! 🙂 #xôdor

 

****

 

No dia 26 de julho, com 47 dias de pós operatório, fui ao segundo retorno do ortopedista para fazer a radiografia pós cirúrgica.

 

Captura de Tela 2018-08-12 às 11.46.09
Artrodese tíbio-talar do meu tornozelo direito

 

Como “esperançado”, tive a feliz notícia de que meu osso já estava parcialmente calcificado e, por conta disso, o Dr. Marco Túlio me liberou do gesso, autorizando o uso do robofoot (bota ortopédica) e, já logo de cara, andar sem muletas!

Deixa essa muleta de lado e vem comigo, disse o Dr. Marco Túlio.

 

 

Pisar novamente, após tantos dias sem colocar “carga”, deu muito medo e insegurança. O meu maior receio era voltar a andar e sentir aquela dor insuportável novamente. Os primeiros passos foram bem doloridos (e muito!) e não posso negar que chorei, me desesperei, e fiz até uso de vários analgésicos, mas felizmente, a dor que começou insuportável no primeiro dia, passou de branda até imperceptível, ao longo dos dias seguintes. 🙂

Comecei a fazer caminhadas leves (com autorização médica) de robofoot, a partir do terceiro dia de liberação para andar. Além dos meus exercícios em casa, o elemento caminhada passou a fazer parte da minha rotina diária e, tenho certeza, que foi isso que me fez melhorar mais rápido ainda.

 

 

Usei robofoot praticamente 24 horas por dia, durante 40 dias, retirando-o somente para banho. Nem para dormir eu podia tirá-lo, envolvendo-o toda noite, portanto, com um saco plástico e uma fronha, a fim de não sujar a minha cama.

 

****

 

Vale contar também que, ainda no início de Agosto e há poucos dias pisando no chão, veio a minha inesperada alta do INSS. Com 55 dias de cirurgia e tendo retirado o gesso há apenas 8 dias, o perito, sem nem sequer me examinar ou olhar o relatório médico, me deu alta, sem dó, nem piedade.

 

IMG_5997
Na noite do dia da perícia, minutos antes de ver o resultado…de robofoot e “apta” a retornar ao trabalho pesado, segundo o perito. 

Nessas horas me pergunto como uma criatura dessas consegue chegar em sua casa e repousar a cabeça no travesseiro….

 

Obviamente que, ao chegar no médico do trabalho naquelas condições, fui impedida de regressar às funções laborativas. Mas sobre isso não entrarei em detalhes já que, apesar do transtorno e da dor de cabeça, o caso já está com meu advogado.

Sem trabalhar e sem receber, restava-me esperar o próximo retorno ao médico, no mês seguinte, para reavaliação. Posso dizer que, neste período, muuuuuuitas coisas aconteceram e, apesar de tudo, senti que a minha vida estava muito próxima de voltar ao normal…

Continua!

 

 

Anúncios

13 comentários em “Artrodese – Pós Operatório

  1. …você eh de uma força admirável Camilovsk…traduzindo no dinhooedrêz….tu eh fooooda cara !!!..kkk.. e eu não vejo a hora da gente poder fazer aquele cistaozinho clássico…de treininho inicial….hahaha…bjao !!!😘💪

    Curtido por 1 pessoa

      1. Oi, Camila
        Sou seu admirador, pois enfrentou com galhardia toda essa fase difícil e ainda teve animo para produzir os videos, que transmitem coragem e ânimo para aqueles que, como eu, precisam fazer essa cirurgia.
        Mas vc sumiu, e depois de assistir todos seus videos, me pergunto se esta tudo bem com vc e com seu tornozelo. Faço a cirurgia no começo de abril…Dá pra vc escrever ou neste blog ou para meu e-mail dando noticias? Preciso delas…E parabéns por sua coragem e deterrminação!!!!
        Um abraço forte…
        José Luiz

        Curtir

  2. Acabo de passar no médico e receber essa temida notícia. Estou com muito medo… Tenho a mesma dúvida, será que vou andar ?? Será que me adapto ?? Ainda não olhei todos os seus vídeos, mas ja me ajudou bastante. Add no Insta… Obrigada Cá.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Camila sou o Anderson e em 08/2017 sofri uma psicose no meu apartamento e caí (em pé) do sexto andar.
    Tive lesão medular incompleta, fraturei o cotovelo esquerdo, fraturei a vértebra L3 e L4, fraturei o calcâneo direito e esquerdo.
    Fiz fisioterapia e hidroterapia por um ano, hoje estou bem e quando estou ótimo ando até sem as muletas, porém você sabe a luta é diária.
    Reclamei ao meu médico sobre dores nos pés e ele sugeriu a cirurgia artrodese, mas disse que ia amadurecer a ideia.
    E assistindo seus vídeos me senti inclinado a fazer essa cirurgia, mas tenho medo.
    Pesquisei bastante sobre esse tema e você foi a única pessoa que tem um caso parecido com o meu.
    Queria muito ver alguém que fez a cirurgia artrodese no calcâneo caminhando, porque me ajudaria a decidir fazer ou não a cirurgia.

    Poderia me ajudar de alguma forma?

    Te agradeço desde já.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olá, fiz artrodese de calcanhar em setembro /18. Hj ainda não ganhei alta do meu médico, ainda sinto algumas dores ,mas acredito que seja pela atrofia dos músculos e tendões. Já voltei a trabalhar e estou fazendo fortalecimento na academia já que meu médico disse não indicar fisioterapia . Enfim ,minha experiência por enquanto está caminhando bem a cirurgia , mesmo sentindo dores ,elas não se comparam com a dor de antes e também tinha artrose e provavelmente já teria piorado sem a cirurgia.

      Curtido por 1 pessoa

  4. Eu estou na iminência de fazer cirurgia de artrodese no meu tornozelo direito. Tbem me ferrei! Tive um acidente feio, mas acreditava que iria me recuperar. Ledo engano. Estou adiando a cirurgia, segurando a dor continua. Meu médico disse que ainda da para esperar um pouco. Recebi o diagnóstico de sequelado esses dias. Foi forte. Estou fazendo exercícios, fisioterapia e hidroterapia para adiar a cirurgia. Mas a dor é forte, mesmo tomando analgésicos. O pé parece que queima ao andar. Realmente há poucos relatos sobre essa porcaria na internet. Tbem sou jovem e praticava esporte. Não quero fazer a artrodese. Já tive complicações na cirurgia feita em razão do acidente: peguei uma infecção brava. Os médicos falam que tive muita sorte por ter conseguido salvar o pé. Todo mundo fala isso. É verdade, mas não ajuda meu emocional. Quando vi seu vídeo no YouTube ao pesquisar a cirurgia vi que não sou um único azarão. Repartir os problemas parecidos deixa a gente aliviado. Meu médico disse que a cirurgia de artrodese é um remédio amargo, pois, deixa o pé duro e ainda por cima não é garantido que a dor vai acabar. Nunca tinha ouvido falar desse nome. É óbvio que a gente tem dar a volta por cima e seguir em frente. De vez em quando bate uma esperança que vou receber de que movimentando meu pé com os exercícios a dor vai passar e meu pé não vai travar. Mas sei que com a artrose, sem ter cartilagem no tornozelo isso não vai acontecer. O raspar dos ossos ao movimentar o pé por causa da falta de cartilagem é muito dolorido. Estou já sentindo o bloqueio da articulação do tornozelo. Eu não terminei de assistir seus vídeos. Estou ansioso para vê-los. Minha vontade era de assisti-los todos de uma só vez, mas tenho que levantar cedo. Agora perder a qualidade de vida jamais! Tbem sou ativo e pretendo continuar uma vida ativa. Eu tinha projeto de fazer mestrado em políticas públicas e pretendia fazer pesquisa de campo viajando nos países pobres, o que implicaria em caminhar muito diariamente em trilhas, caminhos de difícil acesso subir e descer montanhas. É difícil! Mas não desisti dos meus objetivos. Sofri o acidente em 23/02/18. Fiz uma cirurgia só. Estou afastado pelo INSS. Ótima sua iniciativa de fazer esse canal para que pessoas como você e eu possamos trocar experiências semelhantes. Boa noite. Fique com Deus. Vamos ver se mantemos contato, bem como com outras pessoas que estão passando por isso. Valeu. Foi muito bom ter te descoberto. Um abraço. E lembre-se de lutar sempre. Desistir nunca. Esses momentos de dificuldade nos enriquecem como pessoas. Eh! Depois daquele fatídico dia até hoje minha vida está revirada… tchau!

    Curtido por 1 pessoa

  5. Oi Camila !!! Assisti seus vídeos no You Tube e mostrei para meus esposo que tem que fazer a artrodes, ele se animou….
    Gostaria de saber como você está hoje, mande notícias .

    Curtir

  6. cade a camila com os videos no youtube??
    nunca mais soube o que houve depois do video 9
    vc ja esta sem dor, consegue fazer atividade fisica, impactos, pulinhos ou saltitos, correr??

    como está de modo geral?
    hoje faz exatos 4 meses que fiz a minha artrodese
    ja estou andando mas ainda sinto dores, semelhantes as dores de antes de operar, tenho o receio de ainda continuar com as mesmas dores…

    mas ainda com fé e tratando com a esperança de parar de sentir dor e voltar a andar, correr, chutar bola rs

    abraço e muita saúde e paz, que é o que mais busco nesse momento ainda de dores..

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s